Agranda exportação

Exportação de Sementes e seus Derivados

O Brasil é o terceiro maior mercado produtor de sementes do mundo, atrás de Estados Unidos e China. E, pelo seu potencial genético e capacidade de produção, é naturalmente procurado por empresas e produtores para exportar sementes para países localizados, principalmente, na faixa de clima tropical. 

Nós, da Agranda Sementes, também estamos focados neste segmento, como exportadora e como originadora de sementes para Tradings Exportadoras. Adotamos três modelos de trabalho na exportação:

Modelo 1 - Como Exportadores: a Agranda está preparada para exportar sementes produzidas por Empresas Produtoras credenciadas para as diversas culturas de interesse de importadores. As regiões principais são: América do Sul, América Central, Europa e alguns países da África.

Modelo 2 - Como Originadores: a Agranda está preparada para originar e fornecer sementes e seus derivados para Tradings Exportadoras em volumes, espécies, cultivares e qualidades exigidas, para atender contratos específicos de exportação. A equipe da Agranda pode dar apoio às Tradings nos aspectos técnicos, na documentação para exportação e na logística.

Modelo 3 - Como Co-Trading: este Modelo garante um relacionamento comercial mais permanente e mais estratégico com as Tradings, que são responsáveis pela captação dos negócios e pela operação de exportação e a Agranda é responsável pelo fornecimento de produtos. Também neste Modelo a equipe da Agranda cuida dos aspectos técnicos para garantir as especificações dos produtos e dá apoio na documentação e na logística.

Atualmente as principais culturas atendidas para exportação de sementes são: Milho, Soja, Feijão, Hortaliças. E os produtos derivados para finalidade de alimentação são: Feijão, Soja, Milho e Arroz.  

Mas outros produtos estão em nossa pauta e podem ser atendidos em função da demanda, como Gergelim, Painço, Coco Anão, Silagem para Alimentação Animal, Sorgo e muitos outros.  

Consulte a Agranda Sementes para entender em detalhes os Modelos de trabalho disponibilizados.

Agranda Export

Export of Seeds and their Derivatives


Brazil is the third largest seed producer market in the world, behind the United States and China. And due to its genetic potential and production capacity, it is naturally sought by companies and producers to export seeds to countries located mainly in the tropical climate range.

We, from Agranda Seeds, are also focused in this segment, as exporter and originator of seeds for export tradings. We adopted three models of export work:

Model 1 - As Exporters: Agranda is prepared to export seeds produced by accredited companies for the various crops of interest to importers. The main regions are South America, Central America, Europe and some African countries.

Model 2 - As originators: Agranda is prepared to originate and supply seeds and their derivatives to export tradings in volumes, species, cultivars and qualities required, to meet specific export contracts. Agranda’s team can support tradings in technical aspects, export documentation and logistics.

Model 3 - How to Co-Trading: this Model guarantees a more permanent and strategic business relationship with the tradings, who are responsible for the collection of the business and the export operation and Agranda is responsible for the supply of products. In this model, the Agranda team also takes care of the technical aspects to guarantee the product specifications and supports documentation and logistics.


Currently the main crops served for seed export are: Corn, Soy, Beans, Vegetables. And the by-products for feeding are: Beans, Soy, Corn and Rice.

But other products are on our agenda and can be met on demand, such as sesame, millet, Coconut Dwarf, silage for Animal Feeding, sorghum and many others.

Consult Agranda Seeds to understand in detail the Work Models provided.